Massacre do "Batman": Mais um atentado de falsa-bandeira ? - Parte II

30-07-2012 16:10

Traduzimos mais um artigo da infowars sobre o recente atentado ocorrido num cinema nos EUA.

"Evidências esmagadoras indicam que tiroteio de Colorado foi encenado.

Agora é evidente, o tiroteio de Colorado é um evento encenado. Ele segue o padrão de tiroteios anteriores, incluindo o assassinato de Robert Kennedy atribuído ao bode-expiatório drogado Sirhan Sirhan.
http://www.youtube.com/watch?v=azSZhRTDoYE&feature=player_embedded

Recentemente as evidências revelaram que Sirhan não era o atirador e que foi incriminado. Num tribunal federal em novembro passado, os advogados argumentaram que Sirhan "foi um participante involuntário nos crimes cometidos porque foi submetido a programação hipnótica sofisticada e técnicas de implantação de memória que o impossibilitaram de controlar conscientemente os seus pensamentos e ações no momento em que os crimes foram cometidos ", segundo documentos judiciais.

O psiquiatra de Holmes trabalhou para o Pentágono

Novos detalhes condenatórios sobre o tiroteio surgem diariamente. O mais recente é que James Holmes, um estudante avançado de neurociências,  estava a consultar um psiquiatra. Holmes era um paciente da Dr. Lynne Fenton na Universidade de Colorado. Fenton trabalhou para a Força Aérea no Texas e era conhecida por administrar medicamentos perigosos, de acordo com o Washington Post.

Os antecedentes da médica vieram à tona após os meios de comunicação corporativos relatarem que Holmes teria enviado um notebook "cheio de detalhes sobre o modo como iria matar as pessoas" para a Dr. Lynne antes do ataque. "Entre as imagens mostradas nas páginas do caderno encadernado em espiral estavam figuras esquemáticas segurando armas fazendo explodir outras figuras," Fox News. Esta é uma tentativa óbvia de organizar à pressa uma história de fundo sobre Holmes para retratá-lo como um psicopata assassino. É um elemento chave na narrativa que o retrata como um lobo solitário, que é a história preferida do governo quando este realiza operações de falsa bandeira para obter ganhos políticos e manipular a opinião pública.

Controlo da mente e MKULTRA

 

Timothy McVeigh, o suposto autor do atentado de Oklahoma City estava sob o "cuidado" do Dr. Louis Jolyon West do Instituto de Neuropsiquiatria da UCLA, após a sua prisão. "Dr. West é uma criação sinistra da fraternidade [CIA] de controlo da mente. Entre outros projectos totalitários, ele tem estudado o uso de drogas como "co-adjuvantes à manipulação interpessoal ou à agressão", e utilizou métodos pioneiros na experimentação no campo do controlo remoto (eletrónico) da mente na UCLA ", escreve Alex Constantine.

"O uso por parte da CIA de técnicas de controle da mente para criar assassinos é um fato histórico. MK-ULTRA era o nome de código de uma operação clandestina ilegal da CIA, um programa de pesquisa com seres humanos, administrado pelo Serviço de Inteligência Científica, que veio à tona em 1975 através de investigações por parte do Comité Church e por uma comissão presidencial conhecida como Comissão Rockefeller.
Victor Marchetti, um veterano com 14 anos de serviço na CIA insiste que o programa continua em curso e não foi abandonado ", Paul Joseph Watson escreveu na sexta-feira.

Juiz impõe silêncio para impedir a divulgação de informação contrariando a narrativa oficial 


O juiz do caso Holmes 'impôs uma ordem de silêncio (NT - "gag order" no original) no tribunal. O juíz William Blair Sylvester também ordenou que a Universidade do Colorado não libertasse os registos escolares de Holmes após os meios de comunicação terem pedido os documentos. A ordem de silêncio foi emitida após o vídeo da sala do tribunal ter mostrado que James Holmes estava obviamente drogado. A ordem impede "advogados de comentar publicamente sobre questões do processo, incluindo provas,  se um acordo judicial está em andamento ou os resultados de qualquer exame ou teste", segundo a AP.

O esforço é uma tentativa de impedir que os meios de comunicação e pesquisadores descubram o óbvio - James Holmes é um bode expiatório e, possivelmente vítima de controle mental. Ele não se encaixa no perfil de um assassino em massa que sabe utilizar equipamento e armamento paramilitar. "Ele não está na tela do radar de ninguém - nada", um polícia disse ao New York Times. "Holmes é um pouco um enigma. Ninguém sabe nada sobre ele."

Atirador ou atiradores obviamente militares

Na sequência de informações que o atirador se parecia com o personagem "Joker" (NT - "Coringa" para os leitores brasileiros) do Batman, testemunhas disseram que ele "estava totalmente equipado como se fosse um tropa de choque  ... Parecia que fazia parte de uma equipa da SWAT" e "estava vestido da cabeça aos pés com equipamento da SWAT  ... com kevlar. Ele parecia-se com um dos polícias. Isso é que era muito confuso para nós. "

Na sequência das críticas à narrativa oficial que o ex-aluno desempregado não poderia ter meios para comprar armas e equipamentos paramilitares caros  - diz-se que as armas e munições custaram cerca de US $ 15.000 - os meios de comunicação corporativos lançaram a história que Holmes recebeu  dinheiro de uma bolsa dos National Institutes of Health (NIH). O NIH explicou que a bolsa  incluía "21.600 dólares por ano em 12 parcelas mensais para ajudar a custear as despesas enquanto o estudante prosseguir a sua experiência de formação de pesquisa
académica ."

Milhões de americanos não acreditam na narrativa oficial

A história do tiroteio no Colorado está a desenrolar-se de um modo semelhante ao que tinha sucedido com a Fast and Furious. Milhões de americanos não acreditam na narrativa oficial e acham implausível que um tímido estudante de neurociências se tenha transformado de repente num assassino em massa. Muitos também acham suspeito que o evento tenha ocorrido no momento em que os globalistas nas Nações Unidas estavam a dar os toques finais num tratado que, eventualmente, irá proibir todas as armas de fogo e efetivamente desarmar todos os americanos. "
www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=JLO-QpgJ8g4


 

www.wearechangeportugal.org www.informaçãoincorrecta.com